Entenda mais sobre a área dos olhos

A área dos olhos é a região que indica os primeiros sinais de envelhecimento da pele. É também um local bastante sensível e delicado devido a sua espessura. Por ser mais fina e não possuir proteção como outras regiões do corpo, a área dos solhos está sempre exposta e sofre bastante impacto, resultando no aparecimento de rugas, linhas de expressão, bolsas e olheiras.

Devido a essas características, bem como o sistema linfático e circulatório das pálpebras, a pele dessa região exige dermocosméticos específicos. Tais produtos devem conter ativos que melhorem a parte vascular e precisam ser dermatologicamente testdos e hipoalergênicos, com o intuito de reduzir os pigmentos da área dos olhos sem causar irritações.

Outro ponto importante é remover todos os produtos utilizados na região no final do dia, pois o acúmulo deles favorece a irritação e corre o risco de desenvolver infecções oculares. Sabonetes neutros, demaquilantes e soluções micelares são as melhores opções para a remoção.

Como surgem as rugas ao redor dos olhos?

A região dos olhos movimenta bastante a musculatura das pálpebras e realiza movimentos de contração rápida, assim como piscar e lacrimejar. Devido a essa movimentação e a influência dos fatores externos, a área dos olhos é responsável por grandes números de rugas e linhas de expressão.

Para tratar e combater esse envelhecimento ao redor dos olhos, é importante manter uma rotina de tratamento com antioxidantes que evitam o surgimento precoce de rugas, flacidez e manchas. Esse processo neutraliza os radicais livres, além de firmar, clarear e combater a oxidação celular. Outro produto indicado para melhorar a textura da região é o Retinol, derivado da Vitamina A capaz de diminuir as rugas e amenizar a flacidez.

Olheiras e bolsas: o que são

Olheiras são marcas profundas e com coloração formadas pela alta concentração de vasos sanguíneos ou melanina na pálpebra inferior. Geralmente hereditárias, elas causam desconforto e deixam a pele sem uniformidade, com aparência de cansaço em evidência. Existem quatro tipos de olheiras: constitucionais (onde há pigmento na pele, geralmente marrons), vasculares (excesso de retenção de líquidos, geralmente azuladas), sanguíneas (coloração arroxeada, acúmulo de hemoglobina) e melânicas (acúmulo de melanina por fatores hormonais e exposição excessiva ao sol).

As bolsas são consequências do acúmulo de líquido ou gordura, e proporcionam um efeito visual de uma sombra abaixo dos olhos. Alguns fatores influenciam no agravamento das bolsas: dormir pouco, má alimentação, ingestão de muito sal e de bebidas alcoólicas. No caso do acúmulo de gordura, o processo de envelhecimento, a flacidez, o comprometimento dos músculos e ligamentos que sustentam a face são os influenciadores.

Dicas para proteger e cuidar da área dos olhos

Uma dúvida muito comum em relação aos produtos é a quantidade ideal para aplicação deles. Não é recomendado aplicar muito creme para área dos olhos, afinal, a pele na região é bem fina e, quanto menor a quantidade, maior a absorção. Utilize pequenas gotas e espalhe de fora para dentro, massageando de forma circular em volta dos olhos para estimular o sistema linfático.

Outra dica importante é não esquecer de passar protetor solar na região logo após utilizar seus produtos de tratamento. Escolha um filtro oftalmologicamente testado, pois eles protegerão a região sem risco de reação.

Não esqueça de remover adequadamente a maquiagem e os produtos utilizados na área dos olhos, já que isso favorece o desenvolvimento de doenças de pele. Utilize produtos sem parabenos, sem álcool, corantes e específicos para a região. Mantenha sempre cuidados específicos para a área, a hidratação em dia e a higienização certa. Dessa forma, você protegerá a área dos olhos e a deixará mais bonita e bem cuidada.