O que é o Retinol e para que serve?

Retinol é um dos ativos derivados da Vitamina A bastante utilizado em dermocosméticos por oferecer diversas vantagens à pele, das quais vamos falar logo a seguir. Quando aplicado sobre a pele, ele é transformado em ácido retinóico, sua forma ativa dentro das células. Os retinoides, grupo do qual o Retinol faz parte, podem ser naturais ou sintéticos e são o grupo de ativos comprovadamente mais eficiente para diversos tratamentos da pele.

Entre os principais benefícios que o Retinol é capaz de proporcionar, está a renovação da pele, o que contribui para a melhora de sua luminosidade, textura e firmeza. Devido a sua ação queratolítica, que remove a camada mais superficial da pele, a substância ainda auxilia na penetração de outros produtos, na redução da oleosidade facial e no tratamento de espinhas. Saiba mais sobre como o Retinol pode contribuir para a beleza e saúde da sua pele.

Quais os benefícios do Retinol pra pele?

O Retinol é um forte aliado na prevenção e combate aos sinais do envelhecimento da pele. Isso porque o ativo age no aumento da produção de colágeno e elastina, deixando a pele elástica e firme por mais tempo e ainda reduzindo as rugas e linhas de expressão. Além disso, por agir sobre o DNA da célula, aumentando a capacidade de renovação da pele, ele é capaz de a uniformizar e dar viço à cútis.

Outra poderosa ação do Retinol é sobre o combate à oleosidade da pele e à acne. Ele é a capaz de reduzir a formação de cravos, lesões inflamatórias e ainda suaviza as cicatrizes causadas pela acne. A substância também atua na redução do tamanho dos poros, ajuda a controlar a oleosidade e tem efeito clareador de manchas.

Combinação perfeita: protetor solar, Ácido Hialurônico e Vitamina C

O uso diário do protetor solar é ainda mais importante para quem usa dermocosméticos com Retinol em sua composição. Isso porque o ativo pode provocar alguns efeitos colaterais no início do tratamento, no entanto, com os cuidados certos, você consegue aproveitar os benefícios que a substância oferece da melhor forma. Neste caso, utilizar o filtro solar, principalmente em dias de maior incidência solar é indispensável pois a pele tende a ficar sensibilizada com o Retinol.

Outro hábito que deve fazer parte da rotina de cuidados e que ajuda a driblar o ressecamento que o Retinol pode causar é a hidratação da pele, seja pela ingestão de água ou através do uso de dermocosméticos hidratantes. Um ativo que pode ser seu grande aliado na hidratação da pele é o Ácido Hialurônico, que além de hidratar ainda estimula a produção de colágeno.

Combine o uso dos dermocosméticos com Retinol aos produtos que contêm Vitamina C em sua composição. A substância potencializa os efeitos do protetor solar, é capaz de clarear manchas e atua como antioxidante para a pele, estimulando a produção de colágeno e elastina.

Quando e como ele deve ser usado?

Devido a todos os benefícios que o Retinol pode oferecer, ele está presente em vários dermocosméticos, você só precisa escolher um que atenda às necessidades da sua pele e inserir na sua rotina da cuidados de maneira lenta e gradual. Não se esqueça de aliar seu uso a outros produtos que irão ajudar a controlar seus efeitos colaterais para você aproveitar as melhores ações da substância.

Como todos os derivados da Vitamina A, o Retinol deve ser aplicado, de preferência, durante a noite, pois é fotossensível. Isso significa que a substância não se mantém estável com a exposição solar, perdendo seu efeito e causando irritação na pele. No entanto, já existem dermocosméticos que aliam o Retinol e a proteção em um único produto e você também pode utilizar um protetor solar para o seu tipo de pele.