Como escolher os produtos ideais para a pele oleosa?

Escolher os produtos certos para seu tipo de pele é essencial para tratá-la de acordo com suas necessidades e conquistar uma cútis mais bonita e saudável. Quem tem pele oleosa sabe muito bem das consequências que utilizar um produto inadequado pode trazer. Os dermocosméticos específicos ajudam a controlar a oleosidade excessiva e o brilho, reclamações de quem sofre com a oleosidade. Confira algumas dicas que separamos.

A pele oleosa se adapta melhor a texturas fluidas e leves, características que você deve preferir na hora de escolher um produto para este tipo de cútis. Procure nas embalagens termos como: não comedogênico, livre de óleo (oil-free), toque seco ou efeito mate. O uso de produtos específicos nos cuidados com a pele oleosa ajuda a controlar o brilho e a evitar a obstrução de poros e a formação de cravos, que podem evoluir para casos de acne e espinha.

Passos para preparar a pele oleosa antes da maquiagem

Preparar a pele antes da maquiagem é fundamental para que ela dure mais e permaneça saudável, mesmo com os produtos que irá receber. O cuidado deve ser redobrado com a pele oleosa, já que a oleosidade pode atrapalhar a fixação da maquiagem e deixar o rosto com a aparência brilhosa. Muitas pessoas acabam usando bases, pós compactos e outros produtos para disfarçar as imperfeições de peles com essas características, mas quando eles não são adequados podem acabar agravando o problema.

O primeiro passo antes de aplicar a maquiagem deve ser uma boa higienização, com um sabonete para pele oleosa. Após essa etapa, utilize um tônico que irá ajudar a remover as impurezas que restaram. Em seguida, é hora de hidratar a pele e passar um protetor solar, etapas muito importantes para quem tem pele oleosa.

Antes de se maquiar, aplique um primer, que irá melhorar a textura da pele e controlar a oleosidade dela. Os que têm efeito blur são uma ótima pedida, pois disfarçam os poros dilatados e as linhas de expressão, conferindo uma aparência muito mais uniforme à pele. Esses passos irão te ajudar a controlar a oleosidade da pele e manter a maquiagem por mais tempo.

Aproveite os produtos tonalizantes

Os dermocosméticos tonalizantes podem ser seus grandes aliados na hora de tratar a pele e disfarçar suas imperfeições no dia a dia. Práticos e eficazes, os protetores com base fluidos ou em forma de pó compacto, que têm o toque seco, são uma ótima opção de filtro solar para pele oleosa. Este tipo de produto prioriza a saúde da pele, protegendo-a dos raios solares, que podem piorar a oleosidade, ao mesmo tempo que deixa a cútis com um tom mais uniforme e um acabamento natural de maquiagem.

O filtro solar com cor é multifuncional e, por isso, dispensa o uso de alguns produtos sobre o rosto, o que é ótimo para não sobrecarregar a pele oleosa. Além disso, esse tipo de produto pode ser utilizado ao longo do dia, como retoque para maquiagem. Os protetores tonalizantes, além de proteger dos raios UVA e UVB, também defendem a pele da luz visível, vinda dos computadores, televisão e lâmpadas fluorescentes.

Cuidados com a pele oleosa depois da maquiagem

A pele oleosa pode contar com a ajuda extra de uma bruma hidratante ou água termal para fixar a maquiagem, dando mais aderência do produto à pele e uma aparência mais natural. Além disso, esse tipo de produto ajuda a fazer com que ela dure mais tempo na pele. A Bruma Hidratante da ADCOS pode ser aplicada tanto antes quanto depois da maquiagem sem removê-la e ainda tem hidratação imediata e duradoura.

Depois de um dia com a pele maquiada, é hora de retirar os resíduos dos produtos da cútis e lavar o rosto não é o suficiente para garantir que ela fique 100% limpa. O mais recomendado é remover o excesso da maquiagem com um demaquilante e depois utilizar um sabonete para pele oleosa na higienização facial. Para uma limpeza profunda, utilize um tônico e complete esfoliando o rosto duas vezes por semana.

Manter a cútis hidratada também é uma ação importantíssima para quem tem pele oleosa, pois ajuda a prevenir o efeito rebote, que pode provocar o aumento da oleosidade.