Melasma: tire suas dúvidas sobre o assunto!

melasma adcos

Você sabe o que é melasma? Qual a causa do melasma? Ele desaparece ou só ameniza? Quais os produtos corretos para usar nesse caso? Nossa equipe respondeu as suas maiores dúvidas que foram mandadas pelo instagram. Confira!

O que é o melasma?

Caracterizado por manchas castanhas ou castanho-acinzentadas, o melasma é uma condição crônica e recidivante – acontece de forma recorrente ou repetitiva. Com limites bem demarcados e formatos irregulares, essas manchas costumam aparecer no rosto, mais frequentemente na testa, bochechas, nariz e queixo. Vale ressaltar que também podem surgir no colo, pescoço e antebraços, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Mais comum em mulheres, o melasma surge, muitas vezes, durante a gravidez. E é justamente nesse momento que a doença assume o nome de cloasma. Observa-se que essa hiperpigmentação (termo técnico para designar as manchas) ocorre devido ao aumento da produção do pigmento que dá cor à nossa pele – a melanina – por parte das células que a produzem (melanócitos), como explica o portal Dermatologia & Saúde.

Saiba mais sobre como é o tratamento do Melasma!

O que causa o melasma (como e por que ele surge)?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), ainda não existem causas definidas para o surgimento do melasma e cloasma. No entanto, há alguns fatores que contribuem para o aparecimento dessas manchas, como é o caso do uso de anticoncepcionais femininos, gravidez e, principalmente, exposição solar sem as devidas proteções.  Além disso, vale destacar que a luz visível – emitida pelas lâmpadas, telas de celulares e computadores – também pode ser responsável por promover o desenvolvimento do melasma.

O melasma pode desaparecer? Consigo acabar com o mesmo ou apenas controlar/clarear?

O melasma é um problema de pele crônico, que ainda não possui cura. Por mais que pareça que ele desapareceu da pele, é importante controlar o seu reaparecimento por meio do uso de protetor solar de forma constante.

Quais são os tipos de melasma?

Existem três diferentes tipos de melasma, que são divididos em categorias e distinguem-se pelas áreas afetadas. Quando as manchas atingem a camada mais superficial da pele, é denominado epidérmico. Caso o depósito de melanina seja ao redor dos vasos superficiais e profundos, o melasma está dentro da categoria dérmica. Já a última forma, caracterizada como mista, é assim chamada porque as manchas surgem tanto na epiderme quanto na derme, como indica o Portal do Melasma.

Qual o melhor tratamento para melasma?

Proteger-se dos raios solares e da luz visível é o primeiro passo para evitar o surgimento de melasma e cloasma. Para isso, é fundamental usar o protetor solar. Mesmo que fique dentro de casa, sem a incidência solar, você estará em contato com lâmpadas artificiais e as luzes do computador, celular e televisão, que também geram diversos danos para a pele. Use sempre! Além disso, é essencial o acompanhamento de um médico dermatologista para que o melasma não piore.

Por que surge tão rápido? Como ao menos desacelerar o aumento do melasma?

O mecanismo de surgimento do melasma ainda não está completamente esclarecido. O melanócito, célula responsável pela produção da melanina (pigmento que forma as manchas) começa a produzir a melanina de forma exacerbada. Alguns dos gatilhos de produção são: raios UV, calor, hormônios, inflamação. A mancha aparece de forma rápida e agressiva. Para desacelerar o melasma, é importante fazer o uso de protetor solar em todas as condições (ambientes internos e em exposição da luz artificial inclusive) e clareadores adequados para o seu tipo de pele.

Quais os melhores ativos para tratar o melasma?

Você pode usar dermocosméticos com ácido retinoico, glicólico, kójico, ferúlico, ácido tranexâmico, além de outras substâncias que ajudam a clarear manchas, como hidroquinona, artbutin e resveratol. Além disso, as vitaminas C e E tópicas também são ótimas opções, por serem poderosos antioxidantes e potencializarem o efeito do protetor solar. Esses ativos não só clareiam e diminuem as manchas na pele, mas também previnem o surgimento de novas marcas. Além disso, é essencial o acompanhamento de um médico dermatologista para que o melasma não piore.

O melasma pode desaparecer com o tratamento adequado? Existe algum produto que tira/acaba com o melasma? Sempre terei que usar produtos contra o melasma, sem parar?

O melasma é um problema de pele crônico, que ainda não possui cura. Por mais que pareça que ele desapareceu da pele, é importante controlar o seu reaparecimento por meio do uso de protetor solar de forma constante. Além disso, é essencial o acompanhamento de um médico dermatologista para que o melasma não piore.

Por que o melasma não desaparece?

O mecanismo de surgimento do melasma ainda não está completamente esclarecido. Por isso é importante realizar o seu controle através do uso de protetores solares e clareadores adequados para o seu tipo de pele.

Bronzeamento artificial piora o melasma?

Qualquer incidência de radiação UV, não só no rosto, como em qualquer parte do corpo pode causar a piora do melasma, já que a absorção da radiação UV pelo corpo pode favorecer a síntese de pigmentos por melanócitos que não entraram em contato com a radiação. Desta forma, aconselha-se que pessoas que possuem melasma não realizem bronzeamento artificial.

Como devo preparar a pele com melasma no dia a dia? Qual a rotina diária de tratamento para uma pele com melasma?

A rotina de cuidados para a pele com melasma deve sempre conter: um hidratante (recomendamos o Aqua Sérum), um clareador (Melan-Off Concentrado Clareador) e um protetor solar, de preferência com cor para a camuflagem das manchas. Para dúvidas adicionais, recomendamos sempre que você tenha o acompanhamento de um médico dermatologista.

Para melasma, o protetor solar ideal é com ou sem cor? Quem tem melasma só pode usar filtro solar com cor?

Quem deseja ter a pele livre de manchas deve tomar alguns cuidados importantes: o primeiro passo é se proteger do sol, utilizando protetor solar diariamente e até mesmo proteções físicas, como chapéus e guarda-sol, caso esteja em ambientes como praia e piscina. Não esqueça de usar protetor solar em todas as ocasiões, inclusive ambientes internos e noturnos, pois até mesmo a luz visível, vinda de lâmpadas artificiais do computador e da televisão, por exemplo, traz diversos danos para a pele. Idealmente, deve-se buscar protetores solares que promovam a proteção contra a luz visível (pigmentos cumprem esse papel muito bem, por isso protetores solares com cor são normalmente indicados). Se o seu protetor solar sem cor tiver proteção contra a luz visível, ele pode ser utilizado sem problemas.

Quem estiver grávida pode utilizar cremes para melasma? Qual produto?

Além de tratar as manchas, também é importantíssimo preveni-las no período da gestação, já que o corpo está predisposto à formação delas. O ideal é usar o protetor solar diariamente e começar a utilizar dermocosméticos com Vitamina C em sua composição, após o início do terceiro trimestre. Essa substância potencializa os efeitos de proteção solar e ainda auxilia no clareamento de manchas. Durante a gravidez, não utilize cosméticos sem a orientação do seu dermatologista ou ginecologista-obstetra.

Na gravidez é possível prevenir? Como faço?

Além de tratar as manchas, também é importantíssimo preveni-las no período da gestação, já que o corpo está predisposto à formação delas. O ideal é usar o protetor solar diariamente e começar a utilizar dermocosméticos com Vitamina C em sua composição, após o início do terceiro trimestre. Essa substância potencializa os efeitos de proteção solar e ainda auxilia no clareamento de manchas. Alguns peelings e outros tratamentos também podem ser realizados durante a gravidez, por isso consulte seu dermatologista! Durante a gravidez, não utilize cosméticos sem a orientação do seu dermatologista ou ginecologista-obstetra.

Fale sobre os cuidados do melasma em pessoas portadoras de lúpus?

O melasma, assim como o lúpus, é uma doença crônica, que ainda não possui cura. Indicamos que você consulte um médico dermatologista para que ele lhe indique os melhores produtos clareadores e fotoprotetores que não agravarão o lúpus.

Uso ácido há anos e não vejo resultado. Como proceder?

Alguns tipos de melasma podem ter resistência à alguns ácidos, que não trazem resultados visíveis no clareamento da pele. Desta forma, indicamos que você consulte o seu médico dermatologista para que ele avalie o seu tipo de melasma e indique o melhor tratamento clareador.

A Vitamina C ajuda a clarear o melasma?

A Vitamina C possui uma ação bloqueadora na síntese da melanina pelos melanócitos. Ela pode ajudar muito no clareamento das manchas, mas sozinha pode não ter a potência suficiente para o clareamento do melasma. Por isso é muito importante o acompanhamento de um médico dermatologista, pois ele será capaz de indicar os melhores ativos clareadores para o seu tipo de melasma.

O Sabonete Glico-Ativo auxilia no tratamento de melasma?

Você sabia que a higienização também é uma aliada para quem quer a pele livre de manchas? Além de ser um passo essencial para a saúde da pele, a higienização também facilita a ação dos dermocosméticos, inclusive os clareadores, pois remove todos os resquícios de poluição, oleosidade e maquiagem, facilitando a permeação dos produtos.

Portanto, higienize a sua pele duas vezes ao dia: pela manhã, ao acordar; e à noite, antes de ir dormir. Utilize um demaquilante ou sabonete adequado para o seu tipo de pele. O Sabonete Glico-Ativo contém em sua fórmula o Ácido Glicólico, um ativo capaz de inibir a síntese de melanina pelos melanócitos. Como ele é um produto de higiene, ele potenciará o tratamento clareador combinado com outros produtos, mas sozinho não será capaz de reduzir o melasma, já que é um produto com enxágue.

Não deixe de cuidar da sua pele: lembre-se de higienizar, proteger dos raios solares e da luz visível e apostar em dermocosméticos capazes de clarear manchas de forma segura. Seguindo esses passos, você terá uma pele lisinha, bonita e saudável!

DIU Mirena pode piorar o melasma?

O DIU Mirena possui hormônio (levonogestrel) de lenta liberação. Desta forma, ele pode piorar o melasma, da mesma forma que as pílulas anticoncepcionais. Se possível, opte pelo uso do DIU de Cobre, que não possui hormônios e não favorece o aparecimento ou piora do melasma. Aconselhamos que você converse com o seu médico ginecologista para maiores informações sobre os diferentes tipos de DIU e pílulas anticoncepcionais.

Para quem tem melasma, quais produtos precisamos ter cuidado e atenção ao utilizar? Há algo contraindicado para o melasma?

O mecanismo de surgimento do melasma ainda não está completamente esclarecido. Por isso é importante realizar o seu controle através do uso de protetores solares e clareadores adequados para o seu tipo de pele.

É contraindicado o uso de hormônios, exposição solar intensa direta ou indireta, bronzeamento artificial, exposição ao calor intenso.

Procure sempre se manter longe do sol e de fontes de calor que podem irritar a pele, e desencadear o mecanismo de produção da melanina.

O que não é indicado usar ou fazer em nossa pele, pois pode piorar o melasma?

Não é indicado qualquer procedimento que pode aumentar a produção de melanina da pele como efeito rebote. Por isso é muito importante consultar o seu médico dermatologista antes de qualquer procedimento. Além disso, não é indicado ficar sem protetor solar em qualquer condição, já que a proteção solar é o principal mecanismo para evitar a piora do melasma.

Quem usa o Melan-Off Concentrado Clareador pode acrescentar um hidratante facial na rotina ou não é aconselhável?

Sim! Você pode utilizar um hidratante facial antes do uso do Melan-Off Concentrado Clareador. Indicamos o uso do Aqua Sérum, que é um potente hidratante facial diário que promove hidratação profunda de dentro para fora. Possui ação antioxidante, antipoluição e restaura a barreira natural da pele. Contém 9 minerais e 10 aminoácidos hidratantes que mantém a pele mais saudável, resistente e fortalecida. Ele promove hidratação profunda com Ácido Hialurônico, auxilia na redução de rugas e sua textura aqua não é oleosa. O Aqua Sérum é essencial para todos os tipos de pele, inclusive as oleosas. Prepara a pele para todos os tipos de tratamento, podendo ser aplicado de manhã e à noite.

O que posso passar para clarear?

O melasma é um problema de pele crônico, que ainda não possui cura. Por mais que pareça que ele desapareceu da pele, é importante controlar o seu reaparecimento por meio do uso de protetor solar de forma constante. É também essencial associar ao uso do protetor solar dermocosméticos que contenham ativos clareadores. Além disso, o acompanhamento de um médico dermatologista para que o melasma não piore deve ser sempre priorizado.

Qual o melhor produto da ADCOS para melasma? Consigo eliminar somente com os produtos ADCOS?

As manchas na pele são reclamações constantes em consultórios dermatológicos, afinal, ter a pele lisinha é o desejo de qualquer pessoa, não é mesmo? Por isso, a ADCOS desenvolveu a linha Melan-Off, com dermocosméticos formulados com ativos tecnológicos capazes de clarear manchas na pele, incluindo o melasma, de forma gradativa e segura.

Um deles, o Melan-Off Clareador é um creme indicado para clarear manchas na pele em qualquer estação do ano, inclusive no verão, e em todos os tipos de pele em companhia sempre do protetor solar. O produto ainda conta com ação anti-idade, que ilumina, uniformiza a tonalidade e melhora a textura cutânea. Não é fotossensibilizante e, por isso, pode ser usado dia e noite. O Melan-Off Concentrado Clareador é um sérum com máxima concentração de ativos que deixa a pele mais uniforme e corrige a sua tonalidade, protegendo também da luz visível.

Não esqueça sempre de combinar a sua rotina de tratamento com um protetor solar, porque ele é uma parte essencial para o tratamento do melasma.

Conheça outros conteúdos