Manchas na pele: tipos e cuidados específicos para cada um

Manchas na pele: tipos e cuidados específicos para cada um | ADCOS

As manchas são umas das principais queixas de quem precisa ou gosta de realizar uma boa skincare. Podendo ser resultados de inúmeros fatores (como medicamentos, herança genética ou até mesmo a gravidez), existem diferentes tipos de manchas. E, com isso, diferentes tipos de tratamento são recomendados para alcançar uma pele uniforme e bem cuidada. Pensando nisso, nós, da ADCOS, explicamos tudo o que você precisa saber sobre o assunto e indicamos os melhores dermocosméticos para incluir na sua rotina!

O que são manchas na pele? Como elas são classificadas?

A pele possui uma coloração natural devido à melanina, pigmento responsável por definir o tom da pele, além de proteger contra a radiação solar. Essa coloração pode ficar desequilibrada ao longo da vida por razões variáveis, gerando marcas mais claras ou escuras. A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) explica que a pele pode adquirir diferentes cores de manchas. Na maioria dos casos, é uma questão estética. No entanto, elas também podem indicar algum problema de saúde.

As manchas são essas alterações formadas por anormalidades na pigmentação da pele e podem surgir por vários motivos. Genética, alterações hormonais, hábitos de vida e, principalmente, exposição solar sem proteção são as principais delas. O melanócito, responsável por produzir a melanina, pode sofrer um desequilíbrio por alguma dessas razões e também por maus hábitos, como falta de cuidados, uso de medicamentos fotossensíveis, lesões na pele, tabagismo e estresse.

Essas manchas são classificadas de duas formas:

> Hipercromia: o excesso de pigmentação, resultando em manchas escuras;

> Hipocromia: a falta de pigmentação, que causa manchas claras.

Quais os tipos de manchas na pele? Conheça 5 tipos de manchas que você precisa ter atenção

Existem 5 tipos de manchas principais, que merecem atenção especial e uma ida ao seu dermatologista como forma de prevenção (e com tratamentos possíveis):

1) Melanose solar

Essas manchas são desencadeadas pelo excesso de exposição solar. Costuma aparecer no dorso das mãos, colo e costas, áreas que costumam estar mais desprotegidas. São popularmente conhecidas como “manchas de idade”, uma vez que pessoas de idade mais avançada as possuem com mais facilidade. No entanto, elas são acúmulo de sol, sendo evitadas com o uso do protetor solar.

2) Efélides

Também conhecidas como sardas, são manchas de características genéticas. Possuem cor castanha, e é comum surgir em peles mais claras (especialmente pessoas loiras e ruivas).

3) Melasma

Ocorrem majoritariamente no rosto, mas também podem aparecer nos braços, pescoço e colo. O melasma surge, principalmente, em mulheres na fase da menopausa ou que fazem o uso de anticoncepcionais. E, também, com a incidência do sol sem proteção.

4) Cloasma

Semelhante ao melasma, o cloasma acomete mulheres na fase da gravidez. Isso ocorre por conta das alterações hormonais.

5) Hiperpigmentação pós-inflamatória

Esse tipo de mancha surge, geralmente, em processos inflamatórios, como é o caso de acne, espinhas e outras lesões.

Como tratar as manchas de pele?

Dependendo de qual tipo for, existem tratamentos específicos para clarear as manchas. Porém, seguindo uma rotina de cuidados diários, podemos controlar a sua pigmentação. Alguns passos essenciais para isso são a higienização, hidratação e proteção solar (com uma disciplina de aplicação e reaplicação desse último passo). Também é necessário utilizar produtos clareadores seguros e eficazes, que possuem a capacidade de atuar em todos os processos de formação da melanina e de forma intermitente, em todas as épocas do ano, sem que seja necessário interromper o processo.

Conheça a linha Melan-Off, que promete auxiliar no clareamento e uniformização da pele | ADCOS

Conheça a linha Melan-Off, que promete auxiliar no clareamento e uniformização da pele | ADCOS

A ADCOS tem como solução uma linha exclusiva para clareamento, a Melan-Off. A primeira opção é o Melan-Off Concentrado Clareador, um sérum desenvolvido para deixar a pele uniforme e corrigir sua tonalidade. Com máxima concentração de ativos clareadores e proteção contra luz visível, ele previne e trata os sinais de hiperpigmentação e melasma. Pode ser aplicado tanto no rosto, quanto em outras regiões do corpo que têm maior tendência de desenvolver manchas escuras, como axilas, virilha, colo e mãos. Sua utilização durante o dia deve vir acompanhada sempre do protetor solar.

Se o seu problema são olheiras muito escuras, o Melan-Off Clareador de Olheiras pode ajudar. Ele é eficaz na correção de olheiras tanto castanhas, quanto azuis. Possui efeito clareador e redutor, com uma textura leve e rápida absorção. Esse dermocosmético tem como principal benefício o efeito refrescante imediato, além de auxiliar no estímulo da circulação sanguínea local. E mais: ele possui pigmentos ópticos, que disfarçam imediatamente as olheiras!

Para quem prefere uma textura em creme, o Melan-Off Clareador é a opção ideal. Além de auxiliar no clareamento de manchas, ele possui ação antienvelhecimento, iluminando e uniformizando a tonalidade, melhorando, assim, a textura da pele. E você não precisa se preocupar em fazer o uso em dias de sol: esse dermocosmético não é fotossensível (ainda que sempre é recomendado que seja feito o uso do protetor solar em tratamentos clareadores).

#FicaADica!

Para não errar durante um tratamento clareador, experimente fazer o uso do Protetor Solar Base Stick FPS 80, ideal para o tratamento de manchas e melasma. Com ácido hialurônico em sua fórmula, esse dermocosmético confere à pele hidratação profunda, preenchimento de rugas e linhas de expressão, além de prevenir e tratar a hiperpigmentação da pele.

Além do efeito clareador, preenchedor e hidratante, é o protetor solar com maior concentração de óxidos de ferro (15%) do mercado, promovendo máxima proteção contra a luz visível, possui máxima cobertura e muito alta proteção solar. Tem alta resistência à água, suor, efeito mate, toque seco e não escorre.

Dicas e cuidados importantes para a sua pele

É importante ressaltar que alguns cuidados rotineiros evitam o aparecimento de manchas na pele. A exposição solar consciente é o passo mais relevante nesse caso. Procure ir à praia em horários alternativos, nos quais os raios solares são mais amenos, antes das 10h e depois das 16h. Além disso, aplique sempre o protetor solar pelo menos 30 minutos antes de sair e utilize chapéu e óculos para uma proteção física mais eficiente. Quando for se expor ao sol diretamente (na praia, por exemplo), evite utilizar os produtos clareadores. Já durante o dia, quando estiver em sua rotina de trabalho e deslocamento, procure utilizar os clareadores que não são fotossensibilizantes.

O protetor solar deve ser usado mesmo dentro de casa, pois as lâmpadas artificiais, a luz do computador e a televisão, por exemplo, trazem muitos danos à pele, principalmente manchas. O ideal é usar os protetores solares tonalizantes, pois eles possuem uma barreira física que protege da luz visível e garantem uma proteção extra em ambientes fechados.

Conheça outros conteúdos