Como funcionam os esfoliantes facial e corporal?

ESFOLIANTE FACIAL E CORPORAL _ ADCOS

A esfoliação é um processo necessário para pele, pois ajuda na renovação celular e, consequentemente, deixa a região mais saudável e bonita. Você sabia que ela pode ser feita em várias áreas do corpo? Vamos falar sobre esse procedimento e dar algumas dicas para você realizar uma esfoliação bem sucedida.

O que é esfoliação?

A esfoliação limpa profundamente e promove a renovação celular da pele, eliminando células mortas e impurezas através da descamação (esfoliação química) ou abrasão (esfoliação física).

Quando essas células mortas se acumulam, devido ao envelhecimento ou provocado por algum desequilíbrio das células, deixam a pele envelhecida, ressecada, irregular e sem viço. Por isso, é necessário estimular a renovação celular periodicamente com um procedimento esfoliante capaz de deixar a pele lisa, suavizada e pronta para a hidratação. A partir deste processo, a pele fica mais homogênea  e ocorre também a diminuição das temidas marcas e manchas. Portanto, utilizar o esfoliante facial e o esfoliante corporal são hábitos que devem fazer parte da sua rotina.

Geralmente, todos os tipos de pele aceitam bem esses procedimentos, desde a pele oleosa até a sensível. Porém, é importante consultar o seu dermatologista para saber a periodicidade certa da esfoliação e quais são os produtos mais indicados. Caso sua pele for muito reativa, a intensidade ideal e o melhor tipo de tratamento devem ser recomendados pelo profissional para evitar algum tipo de resultado indesejado, como o efeito rebote (aumento da oleosidade) ou sensibilização excessiva.

Por que usar um esfoliante? Quais os benefícios?

A esfoliação oferece uma série de benefícios. O primeiro deles é que o procedimento pode ser feito em casa. Além disso, a aplicação do esfoliante facial e do esfoliante corporal adequados melhora a textura da pele, deixando a área mais iluminada, uniforme, macia e com viço.

Do mesmo modo, a esfoliação estimula as células da derme, estimulando então a produção de colágeno, controla a oleosidade e melhora a circulação sanguínea. Sua ação também é muito importante para desobstruir os poros e aumentar a capacidade de absorção de outros produtos pela pele. Isso também ajuda a combater o aparecimento de rugas e linhas de expressão.

No corpo, além dos benefícios citados acima, o esfoliante também ajuda a diminuir a celulite e evitar que os pelos encravem. Portanto, vale a pena consultar o dermatologista e inserir o procedimento na sua rotina de acordo com a indicação do especialista.

É importante ressaltar que sempre é necessário tomar cuidado com os excessos! A pele é uma grande barreira de proteção contra várias ameaças que estamos expostos diariamente e, caso ela seja esfoliada além do indicado, as defesas naturais do organismo serão reduzidas. Isso deixa a pele vulnerável e suscetível a infecções, coceira e ressecamento, por exemplo.

 Diferença entre esfoliação química e física

A esfoliação química acontece através de produtos elaborados com a presença de ácidos esfoliantes, renovadores ou os conhecidos alfa-hidróxiácidos. Vale lembrar que não são todos os ácidos que promovem a esfoliação, o ácido hialurônico é um exemplo disso. Deste modo, acontece uma descamação segura e controlada que faz as células mortas se soltarem para dar espaço à pele renovada. Após o procedimento, os resultados são visíveis imediatamente, pois a pele nova apresenta uma textura mais macia, uniforme e com mais brilho.

Este tipo de esfoliação facial pode ser feita em qualquer época do ano, mas, sua frequência vai depender da intensidade do ácido utilizado e do nível de sensibilidade da pele. Acima de tudo, é importantíssimo utilizar e reaplicar o protetor solar diariamente após a esfoliação química. Outra medida fundamental é manter a hidratação sempre em dia para conservar a resistência da pele.

Diferentemente, a esfoliação física retira as células mortas da pele por meio de atrito. Para isso, o produto é composto por grânulos que variam de tamanho. Vale lembrar que a pele precisa estar hidratada e sem irritações antes do procedimento e, também, que a técnica deve ser aplicada com movimentos circulares e delicados para não machucar. Nas clínicas especializadas, a técnica também pode ser realizada com aparelhos específicos para esfoliação física como no peeling de diamante e cristal.

Inclusive, este tipo de esfoliação é indicado para outras partes do além do rosto, como pernas e joelhos, costas, braços e cotovelos, colo e pescoço ou mesmo no couro cabeludo. Nesses casos, a indicação é que os grânulos do esfoliante corporal sejam maiores do que as presentes no esfoliante facial.

Dicas para fazer uma boa esfoliação

Não tenha medo de esfoliar a pele da maneira adequada. O procedimento tem muitos benefícios para deixar sua pele mais bonita e saudável. Faça movimentos delicados, circulares e suaves para evitar lesões, respeitando as características da sua pele. Lembre-se sempre de respeitar a diferença da pele do rosto e do corpo.

Também é importante compreender a periodicidade correta do procedimento nas áreas que irá realizá-lo, lembrando de seguir sempre o que seu dermatologista indicou. Outra recomendação é jamais utilizar esfoliantes após a depilação, pois a abrasão ou a descamação podem machucar a região que já está sensibilizada.

Além disso, a hidratação é obrigatória para quem realiza a esfoliação. Não deixe de usar um hidratante que combine com a sua pele, pois os produtos específicos para o seu tipo são essenciais para tratá-la de acordo com a sua necessidade.

Seguindo essas dicas, sua esfoliação será bem sucedida e sua pele agradecerá os cuidados!

 

Mais dicas

Esfoliante físico para tonificar a pele

Para quem procura uma esfoliação física, o Peeling de Hortelã Iluminador é ideal. Ele tonifica intensamente e uniformiza a pele, aumentando a circulação, o metabolismo e a vitalidade da região.

Este Peeling de Hortelã é um esfoliante que promove a microdermoabrasão e, por isso, é indicado para a face, corpo e couro cabeludo. Ele renova a derme, possui ação antisséptica e também é fácil de aplicar e retirar.

Sua fórmula é recomendada para peles ásperas, sem brilho, com comedões e também aquelas envelhecidas e desidratadas.

Esfoliante químico para renovar

Começando pela higienização, o Sabonete Glico-Ativo limpa profundamente o rosto e o corpo, promovendo uma esfoliação química que ativa a renovação das células e prepara a pele para receber outros ativos, otimizando as demais etapas da rotina de tratamento.

Para as indicações de esfoliação química controlada, o sérum Glico Renovador é ideal, já que é um poderoso estimulante da renovação celular. Seus ácidos removem as células mortas ao mesmo tempo que recuperam, afinam e iluminam a pele.

O Glico Renovador deve ser usado no rosto para, além de esfoliar quimicamente, uniformizar o relevo da pele e desobstruir os poros. Entre os seus principais ativos está o Ácido Glicólico, ideal para realizar o peeling químico diário em peles desvitalizadas e espessas. Desta forma, o uso frequente do sérum condiciona o tecido cutâneo e previne rugas e linhas de expressão, tornando a pele mais luminosa e uniforme.

Hidratação e Proteção Solar

Manter a hidratação após a esfoliação é fundamental. Por isso, procure sempre ingerir as quantidades recomendadas de água e também utilizar produtos para esta finalidade, como a Hidradefense Solution Bruma Hidratante. Ela promove um efeito imediato e duradouro, proporcionando os melhores resultados de uma água termal já que é fácil de aplicar e pode ser utilizada até por cima da maquiagem. O protetor solar é o aliado indispensável para quem esfolia a pele.

Para concluir sua rotina de cuidados, o Protetor Solar Tonalizante Stick FPS 80 oferece muito alta proteção contra os raios UVA, UVB e Infravermelho. É um produto multifuncional, pois além de prevenir os efeitos nocivos da radiação solar, proporciona uma cobertura com cor, ao mesmo tempo que o ácido hialurônico de sua fórmula hidrata profundamente, preenchendo linhas de expressão e rugas.

Conheça outros conteúdos