Rosácea: conheça as causas, tratamento e produtos indicados

A rosácea é uma doença inflamatória da pele que tem como principais sintomas a vermelhidão e a sensibilidade na face. Muitas pessoas que possuem o problema ainda têm muitas dúvidas sobre o assunto: afinal, qual a causa da rosácea e seus tipos? Neste post, o Beleza com Saúde, da ADCOS, selecionou as principais dúvidas sobre o assunto, além de indicar dermocosméticos ideais para os cuidados com este tipo de pele. Continue lendo!

Qual a causa da rosácea?

A causa da rosácea é desconhecida. No entanto, vários fatores, como alterações vasculares da pele, aumento da proliferação dos vasos da pele, exposições climáticas, produtos químicos e agentes ingeridos, anormalidades das unidades pilossebáceas, micro-organismos, radicais livres, provavelmente desempenham um papel no seu desenvolvimento. Alguns fatores são “gatilhos” e desencadeiam sintomas nos pacientes com rosácea. Podemos destacar: temperaturas quentes ou frias, vento, bebidas quentes, cafeína, comida apimentada, álcool, emoções, produtos tópicos que irritam a pele.

A doença é mais comum em mulheres a partir dos 30 anos, mas também pode se desenvolver em homens, segundo dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), sendo que neles, o quadro tende a ser mais grave, evoluindo para a dilatação dos folículos e aumento gradual do nariz por espessamento.

Tipos de rosácea

A rosácea é divida em quatro tipos. Conheça cada um deles:

  • Eritemato telangectasia: o tipo mais comum da rosácea, faz com que a pele fique avermelhada e com vasos aparentes. É facilmente notada na face e se agrava com exercícios físicos, exposição solar e consumo de bebidas alcoólicas. Em alguns casos, apresenta ardência.

  • Pápula pustular: além da vermelhidão, este tipo de rosácea apresenta o surgimento de lesões que se assemelham a espinhas.

  • Fimatosa: a inflamação torna a pele mais espessa e avermelhada. Neste caso, áreas como o nariz podem aumentar de tamanho, tornar-se irregular e as regiões ao redor do rosto podem ser comprometidas.

  • Ocular: este tipo de rosácea acomete a área dos olhos, na região próxima aos cílios, gerando descamação e vermelhidão. Caso não seja tratada, pode evoluir e interferir na visão.

Rosácea: rotina de cuidados com a pele

Por ser extremamente sensível, a pele com rosácea necessita de cuidados especiais: além do tratamento indicado pelo dermatologista, invista em dermocosméticos suaves, hidratantes e que ajudam a recuperar a barreira cutânea. E, claro, não deixe de utilizar um protetor solar, já que a exposição ao sol é um dos fatores de risco para a rosácea.

A ADCOS possui dermocosméticos com fórmulas para pele sensível, que acalmam e diminuem a vermelhidão da pele, proporcionando hidratação e recuperando a barreira cutânea para reduzir a sensibilidade da pele.

Para a higienização da pele, aposte no Sabonete Suavizante, que garante a limpeza e remoção de impurezas da pele de forma suave, mantendo a hidratação sem alterar a barreira da pele. Com uma fórmula rica em componentes naturais da pele, Alantoína e Pró-vitamina B5, o produto limpa, deixando a pele hidratada e menos irritada. O Sabonete Suavizante conta, ainda, com Prebióticos que fortalecem as barreiras naturais da pele, recuperando sua função.

Para complementar o tratamento e potencializar o efeito calmante, utilize a Emulsão Suavizante que acalma e regenera a pele, deixando-a hidratada e menos irritada, devido ao seu poder suavizante. Com Ceramidas, Pantenol e manteiga de Karité, este dermocosmético possui alto poder hidratante que, em associação aos Prebióticos, fortalecem as barreiras naturais da pele, recuperando sua barreira. Contém também Omegas, Vitaminas, Alfa Bisabolol e extrato de Algas Vermelhas.

Depois disso, tonifique a pele com o Tônico Suavizante, que foi desenvolvido para suavizar a pele e reequilibrar o seu pH natural. Já para hidratar a pele, recomendamos o Aqua Pro.Bio, formulada com prebiótico, que regenera e reforça a barreira biológica, proporcionando uma pele mais forte, luminosa e macia. Contém ainda Ectoína, que protege contra stress ambiental e reforça as defesas naturais, Ácido Hialurônico, que repõe a hidratação, e Alantoína, que suaviza e recupera a pele.

#DicaADCOS: para a fotoproteção, invista no Protetor Solar Máxima Proteção FPS 99 Fluid, que foi desenvolvido para peles que precisam de cuidados especiais, já que proporciona uma alta proteção UVA e UVB. O produto ainda protege da luz visível, possui Ácido Hialurônico, Vitamina E, Alantoina e Bisabolol, que acalmam e reparam a pele. A versão tonalizante traz ainda efeito imediato na cobertura das imperfeições, uniformizando o tom da pele em uma textura leve, fácil de espalhar e agradável ao toque.

Separamos outros conteúdos que também podem te interessar:

Pele sensível: conheça os cuidados que esse tipo de pele requer

Quem tem pele sensível pode fazer peeling?

Conheça outros conteúdos