Protetor Solar ou filtro solar: qual a diferença?

A principal causa da ADCOS é a fotoproteção e ela vai muito além de estética. A proteção da pele está diretamente ligada à saúde, assim como indica a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), é possível combater e reduzir doenças como o câncer da pele. Hoje, o Beleza com Saúde da ADCOS traz um tema que gera muitas dúvidas: qual a diferença entre protetor solar e filtro solar? A seguir você confere mais detalhes. Compartilhe essas informações com amigos e família.

Afinal, qual a diferença entre protetor solar e filtro solar?

De acordo com a SBD, filtro solar e protetor solar são as nomenclaturas utilizadas para designar os fotoprotetores. Na prática, filtros solares são as matérias primas que promovem a proteção contra os raios UV de um protetor solar. Os filtros solares são divididos em orgânicos (ou químicos) e inorgânicos (ou físicos). Já o protetor solar é o resultado da associação desses filtros que são submetidos a testes, que comprovam a sua proteção frente a radiação solar, como o Fator de Proteção Solar (FPS).

Os protetores solares são capazes de prevenir os danos provocados pela exposição solar, como o câncer da pele e envelhecimento precoce. Nesse sentido, o protetor solar ideal deve ter amplo espectro, ou seja, ter boa absorção dos raios UVA e UVB e oferecer FPS 30 ou mais, segundo o Consenso Brasileiro de Fotoproteção, da SBD em parceria com a Academia Americana de Dermatologia.

O que a SBD diz sobre a eficácia do protetor solar?

A SBD afirma que o uso correto de protetor solar é eficaz na prevenção dos danos causados na pele, pela exposição aos raios UVB, que podem ser agudos – queimaduras solares – ou crônicos – manchas, fotoenvelhecimento e câncer da pele. Além disso, também apresenta eficácia para doenças que podem ser agravadas pelos raios UV, como o lúpus eritematoso.

Para apresentar resultados eficazes, pelas normas da Anvisa, todos os protetores solares devem ter fator de proteção UVA de, ao menos, 1/3 do valor da proteção UVB, ou seja, o FPS que vemos no rótulo deve ser, preferencialmente, 30 ou mais e o valor de PPD/UVA deve ser, no mínimo, 10. Devem ser aplicados de 15 a 30 minutos antes da exposição ao sol e serem reaplicados regularmente a cada duas, em caso de exposição solar intensa

Qual a quantidade ideal de protetor solar?

A quantidade de protetor solar aplicado na pele também interfere na eficácia. Ainda de acordo com a SBD, mesmo que seja complicado prestar atenção à quantidade durante os momentos de descontração na piscina ou praia, esse cuidado não pode ser negligenciado. O Conselho Brasileiro de Fotoproteção, criou a “regra da colher de chá”, que determina a proporção ideal de fotoprotetor para cada parte do corpo. Dessa forma, deve-se usar:

 

 

– Uma colher de chá no rosto, pescoço e cabeça;

– Duas colheres de chá para torso e costas;

– Uma colher de chá para cada braço;

– Uma colher de chá para a parte da frente de cada perna e outra para a parte de trás de cada perna

Conheça a linha de fotoproteção ADCOS

Acesse a loja online e conheça a linha completa de fotoproteção da ADCOS. Escolha o protetor solar ideal para seu tipo de pele e a textura que mais te agrada. A seguir, você confere três opções:

Com efeito blur, o Protetor Solar Mousse FPS 50 deixa a face lisa, uniforme, aveludada e controla efetivamente a oleosidade durante 10 horas. É indicado especialmente para quem deseja redução do brilho e disfarce de imperfeições, poros e rugas na pele. Pode ser usado em todos os tipos de pele, especialmente as oleosas. Possui proteção 100% mineral com disfarce imediato das imperfeições e é ultraleve. Além de proteger dos danos causados pela poluição e luz visível, tem ação antiglicante (reduz a destruição do colágeno da pele).

O Protetor Solar Tonalizante Stick FPS 80 protege contra radiação UVB, UVA, UVA longo, infravermelho e luz visível, e foi desenvolvido para uso diário e para todos os tipos de pele. Com o dobro de resistência à água das texturas tradicionais, está disponível em cinco cores que se adaptam às diferentes tonalidades da pele, inclusive aquelas extremamente sensíveis a queimaduras solares. Ajuda no clareamento de manchas, tem efeito mate e toque seco. Com Ácido Hialurônico, que hidrata e preenche rugas, além da Vitamina C, que promove ação antioxidante, antienvelhecimento e antiglicante.

O Protetor Solar Pó Compacto FPS 50 Tonalizante é ideal para manter a pele sequinha durante o dia e para retoque do protetor solar, que deve ser reaplicado a cada 2 horas, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Esse protetor foi desenvolvido com filtros solares 100% minerais, capazes de garantir alta proteção contra os efeitos imediatos e cumulativos causados pela exposição ao sol. Possui toque seco, efeito mate e cobertura natural da pele.

 


Conheça algumas pautas sobre protetor solar:

Protetor Solar para Pele Oleosa: como escolher?

Protetor Solar com Cor: como escolher o tom correto para sua pele?

Quais os erros mais comuns na utilização do protetor solar?

Mitos e Verdades sobre o uso do protetor solar

–  Tire suas dúvidas sobre fotoproteção

Protetores Solares ADCOS e suas texturas: para quais tipos de pele são indicados?

Conheça outros conteúdos