Foliculite: 3 formas para você evitar e tratar inflamações na pele

Foliculite: mulher no banho usando lâmina para depilação das pernas

A foliculite é um problema conhecido para homens e mulheres. Especialmente para quem costuma utilizar métodos de depilação, como giletes ou ceras, a foliculite é um incômodo não somente pela aparência, mas também por provocar coceira e dor. Hoje, a ADCOS separou para você 3 maneiras infalíveis para você prevenir e tratar essa inflamação!

Como a foliculite se forma na pele?

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a foliculite é uma infecção na pele iniciada nos folículos pilosos. A inflamação é, geralmente, motivada por uma infecção bacteriana ou fúngica. Homens podem enfrentar o problema com maior frequência, uma vez que pelos encravados (normalmente pelo uso de giletes, que causam feridas e facilitam a entrada de micro-organismos invasores) são os principais causadores desse problema.

A maioria dos casos de foliculite é superficial, mas pode coçar e doer. E, ao tocar na inflamação, o quadro pode acabar se agravando. Ainda que a foliculite costume curar sozinha, existem alguns métodos fáceis e práticos para tratá-la. No entanto, é bom ter em mente que prevenir é muito mais eficaz.

4 tipos de foliculite e suas características

A SBD alerta para quatro tipos principais de foliculite:

1) Foliculite estafilocócica: é o tipo mais comum, que ocorre quando os folículos pilosos são infectados por bactérias. Ela costuma causar coceira, vermelhidão local e pus, podendo acometer qualquer região do corpo com pelos.

2) Foliculite por pseudomonas: também conhecido como “foliculite da banheira quente”, surge das bactérias Pseudomonas auruginosa, que proliferam em ambientes aquáticos nos quais os níveis de cloro e pH não são bem regulados, como banheiras de hidromassagem e piscinas aquecidas. As erupções vermelhas coçam e também podem gerar bolhas com pus.

3) Pseudofoliculite da barba: são as inflamações na área do rosto, que acomete mais homens por conta da barba. Como os pelos são, geralmente, raspados, eles se curvam e voltam para o interior da pele. Essa inflamação pode acometer o rosto e o pescoço, mas também ocorre na região da virilha. Por fim, a inflamação pode gerar cicatrizes.

4) Foliculite ptirospórica: comum em adolescentes e homens adultos, ela é causada por um fungo que causa a acne, pápulas avermelhadas e coceira. Além disso, pode acometer também o dorso, tórax anterior, pescoço, ombros, braços e o rosto, principalmente.

Em casos mais graves, a foliculite pode evoluir para furúnculos. Neste caso, pode haver a necessidade de medicamentos antibióticos para combater a proliferação de bactérias e, quando ineficiente, é recomendada uma cirurgia pontual para extração.

3 formas para evitar a foliculite

Na maioria dos casos, pelos encravados e cortes superficiais são as principais causas que favorecem o aparecimento da foliculite. Por isso, você deve estar atento(a) a práticas do dia a dia para evitar que elas apareçam.

> Evite roupas muito justas e úmidas

O uso prolongado de roupas úmidas (como roupas de banho, biquínis e afins) também podem favorecer o surgimento da foliculite. Regiões do corpo que são quentes e úmidas são os locais preferidos de bactérias e fungos para a proliferação. Por isso, e para evitar outros problemas de saúde, lembre-se de fazer a troca de roupa o mais rápido possível nesses casos.

> Fique atento(a) a banhos muito quentes

A água quente, em conjunto com a higienização com sabonetes, deixa a pele mais ressecada e elimina as bactérias essenciais para a proteção do nosso corpo. A pele pode acabar descamando e até mesmo formando pequenas feridas, favorecendo a invasão de organismos causadores da foliculite.

Dessa forma, evite banhos muito quentes e prolongados, assim como a higienização excessiva com sabonetes antissépticos.

> Mantenha a hidratação da pele

Uma pele hidratada é sinônimo de pele saudável. Além de beber água (a principal fonte de hidratação para o corpo), você deve fazer, sempre, o uso de um hidratante corporal e facial. Assim, você devolve nutrientes importantes que são perdidos com o passar do dia e do tempo, além de deixá-la mais forte para combater bactérias e fungos.

#FicaADica!

Para manter a hidratação do corpo em dia, experimente utilizar o Hidrat Solution Leite Hidratante e Nutritivo! Além de ajudar a prevenir o ressecamento e envelhecimento precoce da pele, ele promove a nutrição intensiva, regenera e protege a pele contra a ação dos radicais livres.

Sua composição funciona como um umectante, cicatrizante, e também auxilia na reposição do colágeno e da vitamina E. Você também pode experimentar o Hidradefense Solution Aqua Pro.Bio, que regenera e reforça a barreira biológica da pele, deixando-a mais forte, luminosa e macia!

É possível tratar a foliculite?

Se você está enfrentando a foliculite, pode utilizar dermocosméticos para tratar e evitar que novas inflamações apareçam. A dica mais importante para isso é investir na esfoliação. Em especial, a esfoliação física favorece a renovação da pele por meio da abrasão com o uso de micropartículas.

Esse é o caso do Peeling de Hortelã Iluminador, que, além de resultar em uma pele mais viçosa, auxilia no aumento da circulação sanguínea. E, com isso, acelera o processo inflamatório, impedindo outros. Ele pode ser utilizado tanto no rosto, quanto em outras regiões (como axilas, virilhas e pernas). O ideal é que, três dias antes da depilação, você realize essa esfoliação para uma retirada dos pelos com maior facilidade. E, três dias depois, você pode esfoliar a pele novamente para evitar que os pelos fiquem encravados.

Além disso, você pode também experimentar o Sabonete Suavizante, indicado para peles sensíveis e sensibilizadas. Ele higieniza a pele, deixando-a hidratada e menos irritada. Esse dermocosmético possui prebióticos que fortalecem as barreiras naturais da pele, com uma fórmula rica em componentes naturais da pele (como a pró-vitamina B5 e aminoácidos essenciais).

Para hidratar a pele, você pode usar o Hyalu Water Gel. Com textura inovadora em gel aquoso, esse hidratante é composto por ácido hialurônico, que ajuda a preencher as pequenas imperfeições da pele (como rugas e linhas de expressão). Possui a niacinamida, com função anti-inflamatória, e a Fração de Geléia Real que reduz a síntese de sebo e diminui o número de glândulas sebáceas ativas. E, assim, reduz a oleosidade excessiva e os poros.

Em caso de dúvidas sobre o tema, converse ou consulte o seu dermatologista.

Conheça outros conteúdos