Fatores que influenciam na oleosidade da pele

A pele oleosa é o tipo predominante em nosso país: cerca de 60% de brasileiras entre 15 a 65 anos a possuem e sofrem com algumas de suas características. Isso corre devido a vários elementos: clima, fatores genéticos, alimentação, nível de estresse, alterações hormonais, cosméticos, entre outros aspectos. Desta forma, há um aumento da produção de sebo, com o intuito de defender a pele e evitar o ressecamento, mas o resultado acaba sendo um efeito indesejado de brilho e oleosidade excessivos.

Já temos que conviver com o calor de um país tropical, o que pode deixar a pele muito mais oleosa, então é bom fazermos nossa parte quando trata-se da alimentação, por exemplo. Consumir alimentos gordurosos e frituras pode influenciar na oleosidade de sua pele, então é bom evitá-los. Não remover a maquiagem adequadamente pode ser outro fator que torna sua pele mais oleosa, pois deixa os poros entupidos e, com o rosto sujo, há uma aumento da produção de sebo que pode, ainda, ocasionar a acne. Então, não se esqueça de usar demaquilante todas as noites.

Peles oleosas também precisam de hidratação

Devido à aparência brilhosa, algumas pessoas concluem que não há necessidade de hidratar a pele, mas estão enganadas. Grande parte do sebo é produzido em uma tentativa de manter a pele hidratada. Por isso, com a hidratação em dia, de forma adequada, o corpo entende que não é necessário produzir a oleosidade em excesso para proteção de agressões externas, e a sua pele fica menos oleosa.

No entanto, quem tem esse tipo de pele precisa escolher o melhor meio e o produto certo para hidratá-la. Os cosméticos para pele oleosa precisam ter composições livres de óleo e texturas adequadas que não irão agravar o quadro de oleosidade. Por isso, os séruns são uma boa opção para hidratar uma pele com essas características. Eles são aquosos, fluidos, não gordurosos e têm um grande poder hidratante em apenas algumas gotas.

A importância de usar produtos específicos

As peles oleosas precisam de produtos sem óleo em sua composição e com texturas que se adaptam melhor a esse tipo de pele, como géis, fluidos, loções ou séruns. É essencial, por exemplo, higienizar o rosto com um sabonete específico, que remove esse excesso logo pela manhã. Não utilize água muito quente, pois ela remove a oleosidade natural da pele, incentivando o organismo a produzir mais sebo, então opte por água morna ou fria.

Produtos com Vitamina C, que possuem ação antiglicante, melhoram a firmeza da pele. Também reduzem rugas e linhas de expressão e são uma ótima opção para auxiliar na hidratação de peles oleosas. Além disso, na hora de escolher seu filtro solar, um produto essencial nos seus cuidados diários, prefira as versões tonalizantes, em pó ou as que possuem composição oil-free e não deixe de proteger sua pele contra o ressecamento causado pelo sol.

Produtos essenciais para uma pele oleosa

Alguns produtos são essenciais para cuidar de uma pele oleosa e diminuir o incômodo da aparência brilhosa e os outros problemas que o excesso de sebo pode causar, como a acne. Os cuidados devem começar pela manhã, com a higienização da pele. Para isso, você precisa aplicar um sabonete sobre a pele levemente umedecida, massagear suavemente e depois removê-lo com água. Depois da higienização, aplique um tônico para promover uma limpeza ainda mais profunda.

Uma das principais reclamações de quem tem esse tipo de pele é o excesso de poros visíveis e, para amenizar esse problema, você pode usar um redutor de poros depois de aplicar o sabonete e o tônico, antes de se maquiar ou utilizar outros produtos. Após esses passos, é hora de hidratar a pele para protegê-la contra o ressecamento e as agressões do dia a dia. Seguindo essas etapas, você consegue obter um controle imediato e duradouro da oleosidade.